Clique para ligar

(16) 3711-6666

< Voltar

Medicina Preventiva - Saúde - Doenças de Pele


Nesse verão salve sua pele

A incidência das infecções e parasitas de pele aumenta muito com a chegada do verão. Doenças de Pele

O verão e as doenças de pele

O sol quente e a umidade do ar elevada (condições que retratam as estufas de cultivo dos germes em laboratórios), a alimentação inadequada, roupas molhadas que normalmente ficam por muito tempo coladas ao corpo, o uso de óleo protetor ou bronzeador, que selam os germes contra a pele, são fatores que facilitam a instalação desses micróbios, dependendo da resistência orgânica de cada pessoa.

A areia e a água das praias poluídas, piscinas mal cuidadas, os sanitários e as saunas dos clubes de lazer são as maiores fontes dessas infecções. São doenças inicialmente simples, mas que podem causar desconforto pela intensidade do prurido (coceira), além do aspecto estético, e podem evoluir com complicações graves.

A causa principal é a maior exposição aos seus agentes causadores: os fungos (causadores das micoses), bactérias (piodermites), Larva Migrans (bicho geográfico) e as viroses (principalmente o Herpes Simples).

As micoses são causadas por germes que se classificam entre os seres vivos vegetais e animais: os fungos.

A micose mais comum é a Pitiríase Versicolor (pano branco). São manchas brancas com escamas finas, que surgem quando o fungo se instala na camada superficial da pele. O reservatório principal é o couro cabeludo não lavado diariamente.

As dermatofitoses (impingem) são micoses que aparecem nas virilhas, axilas, nádegas, entre os dedos dos pés (pé de atleta) ou mesmo na superfície lisa do corpo.

As bactérias mais comuns que causam as piodermites são: os estafilococos e estreptococos (furunculose e o impetigo). São germes que aproveitam os pequenos ferimentos da pele para se instalar e aí se multiplicam com maior ou menor intensidade.

A Larva Migrans (bicho geográfico) faz verdadeiros desenhos geográficos na pele. Está em areias de praias e condomínios, contaminadas com fezes de cães e gatos.

São lesões intensamente pruriginosas localizadas nas áreas que tiveram contato com a areia (mãos, pés e dorso) e muitas vezes se complicam com infecções bacterianas. Herpes Simples é a virose mais comum. Pelo acima exposto, podemos diminuir a incidência dessas doenças que às vezes atrapalham um bom aproveitamento dessa linda estação, tomando alguns cuidados:


Fonte: Unimed Ribeirão

Planeta Unimed